Jornalista perde 19kg e adapta pratos tradicionais para alimentação saudável

Fernanda Carneiro sempre lutou contra a balança. Sedentária, a jornalista de 1,73m recorria a dietas radicais toda vez que decidia emagrecer para algum evento social. Passava um mês comendo pouco e se matriculava na academia, mas não levava nenhum dos novos hábitos adiante.

– Tenho uma vida bastante corrida e, consequentemente, sempre fui sedentária. Eu era a rainha das dietas instantâneas, dizia que emagrecia para eventos. Se tinha um casamento para ir, um mês antes entrava no shake e ia para a academia. Depois voltava a comer “normalmente” e não dava mais dez passos na esteira – lembra.

Com o tempo, os regimes milagrosos passaram a ter menos efeito. Aos 27 anos e com 87kg, Fernanda descobriu que sua saúde precisava de cuidados. Pela primeira vez, decidiu procurar ajuda profissional para perder peso de forma saudável.

– Fiz alguns exames de sangue e estava com várias taxas altas, entre elas colesterol e ácido úrico. Com o susto, decidi mudar o rumo da minha alimentação, que não tinha regra alguma, e da minha rotina. Procurei uma nutricionista que entendesse a minha cabeça. Cheguei no consultório e disse que, se ela me recomendasse comer fruta de sobremesa, a nossa relação só duraria um mês – brinca.

Aos poucos, a carioca passou a se interessar pela culinária saudável. Para não se privar de nada durante a dieta, começou a adaptar os pratos tradicionais, fazendo versões light. Gnocchi de abóbora, brownie de batata doce e pizza de couve- flor entraram no cardápio da jornalista e até mesmo no de seus amigos.

– Passei a entender melhor o funcionamento do meu corpo e o poder de cada ingrediente. Entendi que a qualidade daquilo que comemos é muito mais importante do que a quantidade. Os alimentos têm benefícios ainda maiores quando combinados. Fui aprendendo a mágica da combinação, comecei a cozinhar e descobri que não é preciso excluir tudo da alimentação, muito menos se privar de eventos sociais – ensina.

Com determinação e criatividade, a jornalista perdeu 19kg em um ano e ainda deseja emagrecer mais 7kg. As aulas de pilates, a corrida e a visita quinzenal à nutricionista foram essenciais para que ela não desistisse de seu objetivo.

– É preciso ter equilíbrio emocional, principalmente no começo. Pensei em desistir várias vezes. Aos poucos, os próprios resultados começaram a me motivar. O exercício também funcionava como se fosse uma carga de alegria para o corpo. Mas aprendi a não me cobrar tanto e a não ter como meta um padrão de corpo que não é o meu. Busco os meus objetivos, não os objetivos que alguém disse serem ideais.

Fernanda se identificou tanto com a ideia de criar versões nutritivas para pratos normalmente proibidos em regimes que agora dedica boa parte de seu tempo à cozinha. Hoje ela dá cursos de gastronomia funcional e tem uma linha de alimentos saudáveis. 

– Quando eu vejo as pessoas comendo e gostando, tenho certeza de que o caminho saudável é muito mais curto do que parece. O cuidado com a saúde é para o resto da vida. O corpo é a casa onde você vai morar sempre, cuidar dele é essencial – aconselha.

Nanda

administrator

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *